Amigos Verdadeiros Ver ampliado

Amigos Verdadeiros

Mikhail Kalatozov (1954), com Vassily Merkurev, Lyudmila Shagalova, Boris Chirkov, Aleksandr Borisov e Liliya Gritsenko. URSS, 100 min.

Mais detalhes

Sinopse
Era uma vez três garotos que moravam em um subúrbio de Moscou. 30 anos se passaram e Bora tornou-se o famoso cirurgião Tchizhov; Sashka, o professor de pecuária Lapin; e Vaska, o doutor em arquitetura Nestratov. Lembrando-se da promessa dada um ao outro quando crianças, eles partem em uma jangada pelo rio Volga e passam por muitas aventuras.

Direção: Mikhail Kalatozov (1903-73)
Mikhail Konstantinovich Kalatozov nasceu em Tbilisi, Geórgia. Na juventude, trabalhou no Estúdio Cinematográfico Tbilisi como roteirista e operador de câmera. Com "Sal Para Svanetia" (1930), o sexto de uma série de sete documentários, projetou-se como diretor. Trabalhou nos estúdios Lenfilm e Mosfilm. Foi adido cultural na Embaixada da URSS nos EUA. Entre 1946 e 1948 ocupou o cargo de vice-ministro de Cinematografia. Entre suas obras estão "Coragem" (1939) e "Valeri Chkalov" (1941). Em 1943 dirigiu “Os Invencíveis”, que homenageia os defensores de Leningrado. Em 1950 lançou “Complô dos Condenados”, e três anos depois vieram “Turbilhões Hostis” (sobre a vida de Félix Dzerzhinski, fundador da Checa - a primeira polícia secreta da URSS), e a comédia “Três Homens Numa Balsa”. Depois de “Amigos Verdadeiros (1954) lançou, em 1957, “Quando Voam as Cegonhas”, Palma de Ouro no Festival de Cannes. Seus últimos filmes foram “Soy Cuba” (1964) - quatro histórias sobre a evolução do país desde o regime de Batista até a revolução liderada por Fidel Castro -, e o drama de aventura “A Tenda Vermelha” (1969), coprodução da URSS com a Itália protagonizada por Claudia Cardinale, Sean Connery, Peter Finch e Nikita Mikhailov, com trilha sonora de Ennio Morricone.

Argumento Original: Aleksandr Galich (1918-1977)
O poeta, roteirista, dramaturgo e compositor soviético Aleksandr Arkadevich Galich nasceu na Ucrânia. Em 1920 sua família se mudou para Sebastopol, e em 1923, para Moscou. Em 1935, Galich entrou no Estúdio de Ópera e Drama Stanislavsky, e ao mesmo tempo cursou o Instituto de Literatura Maksim Gorky. Em 1940 fez parte do Estúdio de Teatro de Moscou, como coautor, editor e ator da peça "Cidade ao Amanhecer", fenômeno de público na vida teatral e literária de Moscou no período pré-Segunda Guerra. Liberado do front por questões de saúde, durante a Grande Guerra Patriótica foi um dos organizadores, participantes e líderes do Teatro do Komsomol no front, onde escreveu canções, peças, tocou violão e interagiu com os soldados. Após a guerra especializou-se em dramaturgia. Suas peças foram encenadas em diversos teatros na União Soviética e no exterior. Escreveu roteiros para os filmes “Amigos Verdadeiros” (1954), “Aos Sete Ventos” (1962) e “Dê-me um Livro de Reclamações” (1965), entre outros. No final dos anos 1950 voltou-se para a música autoral, tornando-se um dos representantes mais proeminentes do gênero.

Música Original: Tikhon Khrennikov (1913-2007)
Tikhon Nikolayevich Khrennikov nasceu na cidade de Yelets, na periferia de Moscou. Suas obras, muito ouvidas até hoje, incluem três sinfonias, quatro concertos para piano, dois concertos para violino, óperas, operetas, balés, música de câmara, música incidental e trilhas para cinema. Desde sua juventude, Khrennikov destacou-se por seu ativismo político, em especial no mundo da música, e esteve comprometido como agitador cultural durante todo o desenvolvimento da Guerra Pátria. Visitou diversas vezes a frente de batalha, realizando concertos para os soldados e as populações locais. Em maio de 1945 entrou em Berlim ao lado das tropas do Exército Vermelho, tomando parte na emissão radiofônica com canções em homenagem à vitória sobre o nazismo. Em 1947 filiou-se ao Partido Comunista da URSS, elegendo-se deputado do Soviete Supremo em 1962. Em 1948 foi nomeado Secretário Geral da União de Compositores Soviéticos, cargo que conservaria até a dissolução da URSS, em 1991. Foi professor do renomado Conservatório de Moscou, e durante 25 anos membro do júri do Concurso Internacional Tchaikovsky. Recebeu o prêmio “Herói do Trabalho Socialista”.

UMESDVD045

R$ 39,90