O Homem do Boulevard des Capucines Ver ampliado

O Homem do Boulevard des Capucines

Alla Surikova (1987), com Andrey Mironov, Aleksandra Yakovleva, Mikhail Boyarsky, Oleg Tabakov, Nikolay Karachentzov, Igor Kvasha, URSS, 98 min.

Mais detalhes

Sinopse
Na alvorada do século 20, Mr. Johnny First chega ao Oeste Selvagem com um projetor e alguns rolos de filme. O título dessa deliciosa sátira ao western way of life é uma alusão ao Salão Indiano do Grand Café do Boulevard des Capucines, onde os Irmãos Lumière encantaram as plateias com sua maravilhosa invenção. O filme foi visto por mais de 60 milhões de espectadores na URSS.

Direção: Alla Surikova (1940)
Nascida em Kiev, na Ucrânia, Alla Ilinichna Surikova formou-se em Filologia, descobriu rapidamente sua vocação e mudou-se para Moscou, onde estudou Direção e Roteiro com os mestres Alexander Alov, Vladimir Naumov e Georgy Danelya. Ficou conhecida no final dos anos 70 quando, já no Estúdio Mosfilm, dirigiu a comédia “Vaidade das Vaidades”, filme que lhe rendeu os primeiros prêmios. Em 1982 lançou "Seja Meu Marido”. No entanto, foi com “O Homem do Boulevard des Capucines" que ocupou um lugar de destaque na cinematografia russa. Antes da iniciativa de Alla Surikova nunca tinha sido filmado um western na URSS, nem mesmo como sátira, o que a tornou pioneira desse gênero. Surikova é famosa também pelos documentários que realiza em seu próprio estúdio de cinema, o Positive Film. Foi nomeada Artista do Povo da Federação da Rússia em 2000. Em 2017, estreou o seu mais recente trabalho como diretora, ‘Amor e Sax’. Dirigiu 26 filmes e assinou o roteiro de 8.

Argumento original: Eduard Akopov (1945)
Eduard Akopov nasceu em Baku, na República do Azerbaijão, onde estudou engenharia no Instituto de Petróleo e Química. Em 1972, já em Moscou, formou-se no curso superior como roteirista e diretor, e estudou na oficina do cineasta Budimir Metalnikov. Foi o primeiro presidente da Associação de Roteiristas da URSS, mais tarde Associação de Roteiristas da Rússia. Obras suas como "O Soldado e o Elefante" (1977), “Amoreira" (1979), "Aluga-se Um Apartamento Com Uma Criança" (1978), "Seja Meu Marido" (1981), "Pai de Domingo" (1985), "O Homem do Boulevard des Capucines" (1987), "Só uma Vez" (2002), "Parque do Período Soviético" (2006), uma nova versão do "Homem do Boulevard des Capucines" (2009) e muitos outros ganharam prêmios em festivais internacionais na França, Suécia, Suíça, Alemanha e Rússia.  Suas peças são encenadas em inúmeros teatros, e seus textos impressos e estudados na Rússia. Mais de 30 filmes foram rodados com suas histórias.

Música Original: Gennady Gladkov (1935)
O compositor Gennady Igorevich Gladkov nasceu em Moscou. Concluiu sua formação musical no Conservatório P. I. Tchaikovsky, da capital da União Soviética, em 1966. Brilhante nos gêneros populares, Gladkov foi formado nas tradições clássicas. É autor de mais de 100 trilhas sonoras de filmes musicais e de animações, entre os quais "Os Músicos de Bremen" (1968 e 2001), "O Cachorrinho Azul" (1976), “Dulcinea del Toboso" (1980), “O Menino e Carlson" (1983) e “O Homem do Boulevard des Capucines” (1987).  Compôs música para teatro e realizou obras para televisão, como o seriado em quatro episódios “As 12 Cadeiras” (1977). G.I. Gladkov foi nomeado Artista Emérito da Rússia em 1988, e condecorado com o título de Artista do Povo em 2002. É membro da Academia Nacional de Artes e Ciências Cinematográficas, da União de Cineastas e da União dos Compositores da Rússia.

UMESDVD 034

R$ 39,90

Categorias