Sonhos Ver ampliado

Sonhos

Karen Shakhnazarov e Aleksandr Borodyansky (1993), com  Amaliya Mordvinova, Oleg Basilashvili, Armen Dzhigarhanyan, Arnold Ides, Rússia, 78 min.

Mais detalhes

Sinopse

Na década de 90 do século 19, a condessa Prizorova sonha que é Masha Stepanova, faxineira de um bar em Moscou, no ano de 1993. Em suas incursões ao futuro a aristocrata vê o marido vender fotos dela nua na rua, a fim de ganhar o dinheiro necessário para comprar comida pelos preços altamente inflacionados – com Yeltsin chegaram a 2000%. Mais tarde, os funcionários do governo a intimam a servir de atração sexual para convencer um representante do FMI a liberar os créditos prometidos, mas não concedidos à Rússia. Ácida reflexão de Shakhnazarov sobre o vazio moral e a imitação das piores práticas ocidentais produzidas na Rússia pela restauração capitalista.

Direção e Argumento Original: Karen Shakhnazarov (1952),
Aleksandr Borodyansky (1944)

Nascido em Krasnodar, na região de Kuban, no Cáucaso, Karen Georgievich Shakhnazarov formou-se, em 1975, pelo VGIK (Instituto Estatal de Cinema). Em 1987, seu filme "O Mensageiro" recebeu prêmio especial no 15o. Festival Internacional de Moscou. Dirigiu 13 longa-metragens, entre os quais "Cidade Zero" (1988), "O Assassino do Czar" (1991), "Sonhos" (1993), "A Filha Americana" (1995), "A Cidade dos Ventos" (2008), "A Enfermaria Número 6" (2009), "Tigre Branco" (2012). Com muitos prêmios nacionais e internacionais, seus filmes apresentam uma densa reflexão crítica sobre a restauração do capitalismo e o desmembramento da União Soviética. Assumiu em 1998 a direção geral do Mosfilm, o maior estúdio de cinema da Rússia.
Aleksandr Emmanuilovich Borodyansky nasceu em Vorkuta, Rússia. Estudou Engenharia Civil em Kiev, formou-se como roteirista no VGIK (Instituto Estatal de Cinematografia) em 1973. Escreveu mais de 50 roteiros para filmes e séries de televisão, entre os quais "Afonya" (Georgiy Daneliya, 1975), "Dusha" (Aleksander Stefanovich, 1981), "Cidade Zero" (Karen Shakhnazarov, 1989), "Sonhos" (Karen Shakhnazarov, 1993), "Oligarch" (Pavel Lugin, 2002), "A Estrela" (Nikolay Lebedev, 2002), "Tigre Branco" (Karen Shakhnazarov, 2012).

Música Original: Anatoly Kroll (1943)

Anatoly Kroll Oscherowitsch, pianista, arranjador, maestro, compositor de jazz e música popular, nasceu em Chelyabinsk, nos Urais. Em 1960, com apenas 17 anos, foi maestro e diretor musical da Orquestra de Variedades do Uzbequistão. Em 1963 fundou sua Tula Jazz Band. Em 1991 tornou-se diretor do teatro musical em Moscou “Temp”. Fundou a Big Band ISS (1992-99). É diretor artístico e maestro da Banda Akademik de Gnessin. Escreveu música para diversos filmes, especialmente de Karen Shakhnazarov.

UMESDVD 017

R$ 39,90

Categorias