Cine Brasília exibe mostra de Cinema Russo a partir de 30 de novembro

Por G1 DF
28/11/2017 15h29 Atualizado 29/11/2017 08h27


Filme 'As 12 Cadeiras' faz parte da mostra de Cinema Russo, no Cine Brasília (Foto: Divulgação)

O Cine Brasília exibe entre os dias 30 de novembro e 8 de dezembro a mostra de Cinema Russo. Ao todo, sete produções restauradas em matriz digital fazem parte da programação. Não haverá exibição de filme apenas na terça (5), quando tradicionalmente não há sessão no cinema. A meia-entrada custa R$ 6.

Durante evento, o público poderá assistir filmes clássicos e também os que foram “tolerados” pelo regime soviético. Com exceção do longa-metragem “Solaris”, do diretor Andrey Tarkovsky, todos os filmes são inéditos no Brasil.


O Conto do Czar Saltan' faz parte da programação da mostra de Cinema Russo, no Cine Brasília (Foto: Divulgação)

A ficção científica de Tarkovsky conta a história de um grupo de pesquisadores que está sob influência de um planeta em que a energia dá a eles a ilusão de realizarem desejos.

O filme que estreia a mostra é “Braço de Diamante”, dirigido por Leonid Gayday. O longa-metragem fala sobre Semyon Gorbunkov, um cidadão soviético que sai a passeio em um cruzeiro marítimo.


Ao retornar para a União Soviética, ele leva jóias escondidas por engano em um gesso que usava no braço. Enquanto os contrabandistas fazem várias tentativas para recuperar as pedras preciosas, a polícia russa usa Gorbunkov como “isca” para deter os criminosos.

A esposa do soviético desconfia que ele foi convocado pela inteligência estrangeira ou está tendo um caso. Nesse momento da narrativa, começa uma confusão entre os personagens.

Confira a programação:

30 de novembro (quinta)
20h - Braço de Diamante

1 de dezembro (sexta)
20h30 - O Conto do Czar Saltar

2 de dezembro (sábado)
20h30 - Noite de Inverno em Gagra

3 de dezembro (domingo)
20h30 - 12 Cadeiras

6 de dezembro (quarta)
20h30 - O Tigre Branco

7 de dezembro (quinta)
20h30 - Solaris

8 de dezembro (sexta)
20h30 - Sonhos 


Invasão de filmes russos
Mostra no MIS Cine Santa Tereza recebe programação com 23 títulos


O filme “Tigre Branco”, de Karen Shakhnazarov, é o mais recente na programação da Mostra de Cinema Russo


Começa nesta quarta, dia 13/09, e vai até o dia 1º de outubro, no MIS Cine Santa Tereza, em Belo Horizonte, a “Mostra 100 Anos da Revolução de Outubro”, que celebra um século da Revolução Russa através da rica – e ainda rara no Brasil – produção cinematográfica soviética e pós-soviética, que abordou de muitas maneiras esse marco histórico. Na programação, 23 filmes que vão de 1929 a 2012, incluindo títulos emblemáticos, como “Lenin em Outubro” (1937), de Mikhail Romm e Dmitriy Vasilev, “Aleksandr Nevsky” (1938), de Sergu ei Eisenstein, “Tratoristas” (1939), de Ivan Pyryev, “O Juramento” (1946), de Mikheil Chiaureli, “Sonhos” (1993), de Aleksandr Borodyanskiy e Karen Shakhnazarov, “A Professora da Aldeia” (1947), de Mark Donskoy, “Vá e Veja” (1985), de Elem Klimov, e o recente “Tigre Branco” (2012), de Karen Shakhnazarov, que foi um dos representantes de seu país na disputa por uma indicação ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

A mostra tem um caráter de celebração, já que em outubro se comemora os 100 anos da Revolução Russa. Os filmes que compõem a programação, muitos deles inéditos no Brasil, são legendados em português e abordam as contradições de diversos períodos: a Rússia pré-revolucioná.ria, a Primeira Guerra Mundial, a Revolução de Outubro, o comunismo de guerra, a Nova Política Econômica, o Plano Quinquenal (industrialização acelerada e coletivização da agricultura), a Segunda Guerra Mundial, a consolidação do Socialismo, a restaura& ccedil;ão capitalista e o atual período marcado pela busca de um caminho independente.



PUBLICADO EM 13/09/17 - 03h00 - JORNAL O TEMPO