Mostra Mosfilm em São Paulo, Porto Alegre e Fortaleza


Abertura da 4ª Mostra Mosfilm lota a Cinemateca Brasileira  


Sala BNDES da Cinemateca cheia assistindo ‘Anna Karenina - A História de Vronsky’;



Foto da abertura da mostra em Rio Grande do Sul - Porto Alegre

Na terça-feira, 5 de dezembro, foi aberta a 4ª Mostra Mosfilm de Cinema Soviético e Russo, realizada por CPC-UMES Filmes, Estúdio Mosfilm e Cinemateca Brasileira, em São Paulo, com a pré-estreia no Brasil do filme “Anna Karenina – A História de Vronsky”, do premiado diretor Karen Shakhnazarov, lançado em 8 de junho deste ano na Rússia. 

Até o próximo dia 10 a Cinemateca Brasileira exibirá mais 10 longas-metragens produzidos pelo Mosfilm, o maior e mais antigo estúdio da Europa, com um acervo de 2.500 títulos do período soviético e pós-soviético. 

Também saudando a Mostra, esteve presente na Abertura, Konstantin Biryukov, representante da Agência Federal de Assuntos da Comunidade dos Estados Independentes, de Compatriotas no Exterior e de Cooperação Internacional Humanitária da Rússia (Rossotrudnichestvo) em São Paulo. “É uma satisfação para a nossa Embaixada e nosso Consulado estarmos nessa parceira em todas essas Mostras, e hoje abrindo aqui a 4ª Mostra com ‘Anna Karenina’, um clássico Russo”.

Além da 4ª Mostra em São Paulo, os filmes também são exibidos no Sul do país, em Porto Alegre. Essa é a terceira vez que a Casa de Cultura Mario Quintana, em uma parceria do CPC-UMES Filmes e Cinemateca Paulo Amorim recebe o evento. Desta vez realizado a partir desta quinta-feira (07) até 20 de dezembro.

Já a capital do Ceará recebe pela segunda vez a Mostra Mosfilm de Cinema Soviético e Russo, no Cineteatro São Luiz entre 07 e 09 de dezembro. 

“Essa é a segunda vez que o Cineteatro São Luiz sedia, com exclusividade na Região Nordeste, essa importante mostra de filmes russos e soviéticos, consolidando uma parceria que julgamos de extrema importância com a CPC-UMES, representante dos interesses da Mosfilm no Brasil”, destaca Duarte Dias, Programador e Curador do Cinema do Cineteatro São Luiz.



Publicado na Hora do Povo, edição 3.595 (08/12/2017)